] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 01/08/2021 - 00:51
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


CRIANÇAS
Corpo de Bombeiros alerta sobre acidentes domésticos

Data da notícia: 2021-06-08 09:34:39
Foto: Divulgação
Mão de bebê de um ano que teve queimaduras de segundo grau após tocar no ferro de passar roupas

A data seis de junho é lembrada em todo território Nacional, como o “Dia da Luta Contra Queimaduras”. Diante desta data, o Governo de Rondônia, por meio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-RO) reforça o alerta que é levado corriqueiramente, por meio de palestras nas escolas, no site oficial do CBM-RO, e na página do Facebook, quanto aos perigos domésticos que possam envolver crianças, adolescentes, jovens e adultos em relação ao uso doméstico do fogo.

Segundo a diretora de Comunicação Social do CBM, tenente Érica de Oliveira Viana, a atenção se estende aos afazeres cotidianos com os pequenos. “Ao fazer um churrasco, evite utilizar álcool, por exemplo e não faça queimadas com entulhos em seu quintal, pois até a inalação de fumaça pode causar sérios danos à saúde. Se tiver crianças em casa, atentar para as orientações do CBM. Acidentes domésticos são muito comuns, por falta de atenção”.

O ferro de passar roupas, foi o principal causador da queimadura de segundo grau na mão esquerda de Bernardo Cunha, que na época do incidente tinha apenas um ano e meio de idade. As bolhas, inchaço e vermelhão são resultados da descrença da atitude do pequeno. Segundo o pai Giovane Cunha, tudo foi extremamente rápido: “Foi numa fração de segundos pois ele estava deitado vendo desenho.

Aproveitei para aquecer o ferro que estava no chão há alguns metros e na ocasião ele estava entretido. Foi no momento que me virei pra pegar a peça de roupa no armário que ele colocou a mãozinha no ferro. Foi desesperador, não acreditei que ele pudesse fazer aquilo. Imediatamente coloquei a mão dele na água corrente e segui para o pronto socorro” relata.

Prevenção
As queimaduras como do relato acima, podem ser evitadas, principalmente em crianças. Elas podem ser classificadas como queimaduras de 1º, 2º ou 3º grau, dependendo da gravidade do caso, algumas podem levar até mesmo a morte. O ideal é manter crianças longe do calor do ferro e ter atenção dobrada ao utilizar utensílios domésticos de alto risco.

Segundo a tenente Érica, a atenção se estende para a cozinha. “No fogão, prefira utilizar as bocas do fundo e coloque os cabos das panelas para trás, evitando que crianças consigam ter acesso. Mantenha o registro do gás fechado quando não estiver utilizando o fogão. Nunca deixe fósforos e isqueiros ao alcance de crianças” alerta.

Outro problema corriqueiro é o uso de “tês” ou “adaptadores” em uma única tomada, “cuidado para não sobrecarregá-los. As chances de um curto circuito são grandes, assim como um choque elétrico”, ressalta a tenente.

Tratamento
O atendimento na primeira hora após o trauma minimiza edemas. Independentemente do grau, a vítima precisa ser imediatamente encaminhada ao pronto-socorro. Para queimaduras químicas deve-se cobrir o local com um tecido limpo (esterilizado) e encaminhar imediatamente ao pronto atendimento, levando informações sobre o produto químico envolvido no acidente.

“Uma informação importante: nunca colocar sobre as queimaduras, pasta de dentes, manteiga, pó de café, clara de ovo, folha de bananeira, açúcar e etc. Nada disso deve ser usado na vítima. Além de sujar o local da lesão, essas substâncias podem agravar o ferimento”, orienta a tenente.

No primeiro momento, caso a pessoa esteja com muita dor o que pode ajudar é: expor o ferimento na água corrente e encaminhar a vítima imediatamente ao pronto socorro.

Queimadas
Neste período de seca, a tenente lembra ainda que ocorrem significativamente o aumento dos casos de queimadas o que pode aumentar as possibilidades de queimaduras térmicas. “Neste caso, alertamos que evitem se aproximar do fogo de forma descuidada e desprotegida”, finaliza.


Fonte: Secom


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.