FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Sexta-feira, 20 / 09 / 2019
AGRONEGÓCIO
Técnicos da expedição Rally da Pecuária passam por Ji-Paraná

Data da notícia: 2019-07-30 18:17:59
Foto: Assessoria/Divulgação
Membros da Equipe 4 da expedição estão em Rondônia para coletar informações qualitativas e quantitativas da pecuária de corte

A Equipe 4 do Rally da Pecuária 2019, maior expedição técnica privada sobre a pecuária bovina de corte no Brasil, chegou a Ji-Paraná, na terça-feira (30). A expedição já passou por Vilhena e Rolim de Moura e pelos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.
Técnicos da Equipe 4 visitaram propriedades em Ji-Paraná e participaram de um evento gratuito para produtores e profissionais do setor, realizado na sede da Associação Rural de Rondônia (ARR), no Parque de Exposições Hermínio Victorelli, com o tema “É tempo de colheita! A pecuária em fase de alta”.
Eles estão em Rondônia para coletar informações qualitativas, por meio do contato direto com produtores e técnicos, e quantitativas, com amostragem de pastos, índices zootécnicos, composição do rebanho, estimativa de confinamento, sistema de gestão e produção. Os dados vão permitir a avaliação das produções regionais.
Há, ao menos, quatro edições, a concentração dos produtores é um dos temas mais discutidos nos eventos do Rally da Pecuária.
“Nosso objetivo é alertar os pecuaristas para que busquem se adaptar às tendências de mercado”, diz Maurício Palma Nogueira, diretor da Athenagro e coordenador da expedição.
Membros do Rally da Pecuária debatem com pecuaristas e técnicos levando informações de mercado, tendências observadas nas últimas edições e buscando informações do campo. Ao longo do trajeto das 7 equipes, o Rally da Pecuária contará com 8 eventos, além de 14 oficinas da produtividade, econtros e debates.

Exportação
No primeiro semestre de 2019, as exportações de carne bovina rondoniense aumentaram 32%, em comparação com o mesmo período do ano passado. O volume registrado foi de 114,7 mil toneladas de equivalente carcaça.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.