FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Segunda-feira, 14 / 10 / 2019
ECONOMIA
Inflação para famílias com renda mais baixa cai para 0,07% em junho

Data da notícia: 2019-07-05 18:34:59
Foto: Divulgação
Dados da FGV apontam acumulado de 2,72% no IPC-C1 em 2019

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que calcula a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,07% em junho deste ano. A taxa ficou abaixo do 0,26% de maio. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o indicador acumula taxas de 2,72% no ano e de 3,85% nos últimos 12 meses.
Apesar da queda de maio para junho, o IPC-C1 de junho ficou acima do Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda. O IPC-BR teve deflação (queda de preços) de 0,02% em junho. Em 12 meses, o IPC-BR acumula inflação de 3,73%.
Em junho, quatro das oito classes de despesas que compõem o IPC-C1 tiveram queda da taxa de maio para junho: habitação (de 0,79% em maio para -0,24% em junho), transportes (de 0,28% para -0,38%), saúde e cuidados pessoais (de 0,75% para 0,31%) e despesas diversas (de 0,08% para -0,23%).
Por outro lado, tiveram alta de maio para junho os grupos educação, leitura e recreação (de 0,03% para 0,78%), alimentação (de -0,26% para -0,16%), vestuário (de 0,13% para 0,60%) e comunicação (de -0,12% para 0,07%).

Bolsa
O principal índice da B3 - antiga Bolsa de Valores de São Paulo - opera em queda sexta-feira (5). Às 11h01, o Ibovespa caía 0,82%, a 102.785 pontos, puxado pelas ações da Vale e da Companhia Siderúrgica Nacional com recuos de mais de 3%.
As ações da Petrobras, Bradesco, Azul e Eletrobras também tiveram desvalorizações.
Na quinta-feira (4), o Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3, bateu mais um recorde nominal ao encerrar o dia em 103.636 pontos, alta de 1,56% em relação ao pregão anterior. O recorde anterior, de 102.062 pontos, foi registrado em 24 de junho de 2019.
A cotação do dólar comercial foi de R$ 3,83.


Fonte: Agência Brasil


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.