FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Sexta-feira, 20 / 09 / 2019
FEMARTE
Feira de artes reúne cerca de 70 artesãos todos os sábados

Data da notícia: 2019-04-23 18:40:48
Foto: Assessoria/Divulgação
Artistas expõem acessórios infantis, decorações, pinturas em telas e cerâmica, trabalhos feitos em pedra, madeira e cimento, entre outros produtos

Todos os sábados, o Feirão do Produtor é palco da Feira Municipal de Artes (Femarte), promovida pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Fundação Cultural de Ji-Paraná (FCJP), realizada das 8 horas às 18 horas.
Participam da feira cerca de 70 artesãos e artistas plásticos, que realizam a exposição e venda de vários trabalhos, como acessórios infantis, artigos de decoração, telas, artes em cerâmica, madeira, cimento e pedras, além de doces artesanais e vestuários. A Femarte também conta com praça de alimentação.
Segundo a direção da FCJP, a Femarte tem colaborado com o fomento da economia criativa do município e na divulgação dos trabalhos dos artesãos, que obtiveram um aumento nas vendas de seus produtos.
A artesã Bruna Cardoso faz artigo de decoração, feltro em tecido, chaveiros e lembranças de maternidade. A artista explicou que as vendas durante a feira não são tão expressivas, mas as pessoas conhecem o trabalho e acabam fazendo encomendas.
“Como a Fermarte é uma vitrine do nosso trabalho, nós estamos recebendo bastante encomenda. Estamos gostando muito deste espaço de divulgação, pois pegamos contatos de clientes”, explicou a artesã, que deixou a profissão de professora para se dedicar à nova paixão.
Bruna também destacou que, aos poucos, o público da Femarte vem aumentando.
“A comunidade está aderindo à ideia aos poucos, mas nós convidamos para que visite e conheça o trabalho de qualidade dos artistas locais. Temos que valorizar, pois sabemos que a intenção da prefeitura é tornar uma prática permanente a valorização do artesanato ji-paranaense”, afirmou a artista.
A população de Ji-Paraná tem a oportunidade de conhecer também o trabalho da Aline Camargo. Ela encontrou, na confecção de acessórios infantis, a chance de ficar próxima dos filhos e ainda gerar renda trabalhando em casa. “Comecei a fazer [artesanato] faz um ano e meio, e estou gostando muito. Faço faixas, tiaras e babadores para crianças. O espaço aqui é muito bom e bem localizado. Isso ajuda a divulgar o que faço, escondidinha, lá em casa. Minha renda tem melhorado depois que comecei a expor meu trabalho no feirão”, admitiu Aline.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.