FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Terça-feira, 18 / 06 / 2019
JI-PARANÁ
Médicos aprovados em concurso são contratados

Data da notícia: 2019-02-18 10:43:14
Foto: Assessoria/Divulgação
Dos 14 médicos contratados, onze são clínicos gerais e outros três vão atuar na área de ortopedia e traumatologia
A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), contratou 14 novos médicos para atuar na rede básica de saúde e no Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz.
Dos 14 contratados, onze são médicos clínicos gerais e outros três são ortopedistas traumatologistas. Segundo a Semusa, mais três médicos devem tomar posse nos próximos dias.
Desde julho de 2018, com a conclusão do edital de concurso público, já tomaram posse 49 profissionais para atua na saúde pública do município, dentre esSes, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, farmacêuticos, técnicos em laboratório e profissionais da área de odontologia.
Conforme explicou o prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto (PDT), há um grande esforço da administração municipal para manter a saúde pública funcionando de forma adequada, já que a demanda de atendimento é voltada para a região central de Rondônia, composta por 17 municípios.
“Nosso município atende uma região, cujo o contingente populacional chega próximo de 600 mil habitantes. São muitas pessoas que são deslocadas para Ji-Paraná em busca de atendimentos em nossas estruturas de saúde”, declarou o prefeito.
Marcito Pinto ressaltou, que mesmo com e a cidade recebendo essa carga extra vinda de outros municípios, a Prefeitura de Ji-Paraná tem conseguido oferecer uma grande quantidade de serviços com boa qualidade, e também vem fazendo diversos investimentos na construção de novas unidades de saúde e reformas praticamente em todas as unidades da rede municipal.

Mais Médicos
Em novembro, quatro médicos cubanos encerraram o contrato com a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Programa Federal Mais Médicos.
Segundo o titular da Semusa, Renato Fuverki, o município não teve prejuízos com o encerramento dos contratos com os profissionais cubanos.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.