FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Sexta-feira, 19 / 10 / 2018
TECNOLOGIA
Aplicativo do TCR ajuda na melhoria dos serviços públicos

Data da notícia: 2018-04-25 09:22:16
Foto: Assessoria/Divulgação
Governador Daniel Pereira falou sobre transparência no serviço público
O aplicativo Tô No Controle/Opine Aí, lançado pelo Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO), na segunda-feira (23), contribuirá para que gestores e funcionários públicos possam refletir sobre os serviços públicos prestados à população e façam de forma diferente, de uma outra maneira, as ações necessárias para atender melhor o cidadão de Rondônia. Foi o que disse o governador Daniel Pereira (PSB) no evento, realizado no auditório da instituição.
“Estou certo de que a avaliação das pessoas sobre o serviço público nas diversas áreas é ruim, e não é porque o prefeito e o governador não querem fazer. É o limite que temos, mas também porque é preciso fazer as coisas um pouco diferente, de outra maneira, e o aplicativo irá oferecer esta oportunidade, a partir da manifestação do cidadão”, afirmou.
O dispositivo eletrônico, que pode ser utilizado nos smartphones, computadores e tablets, foi desenvolvido pelo TCE-RO, e conta com apoio de instituições públicas e privadas, a exemplo do governo estadual, do Tribunal de Justiça (TJ-RO), Ministério Público estadual (MP-RO), Defensoria Pública do Estado (DPE-RO), Ordem dos Advogados do Brasil – Rondônia (OAB-RO), Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio), entre outros.
Na apresentação do dispositivo, o servidor Márcio Alves, integrante da equipe que atuou na construção da ferramenta, juntamente com colegas da presidência, Controle Externo, Gestão Estratégica, Tecnologia da Informação, Ouvidoria, Comunicação, entre outros, detalhou aspectos do aplicativo que possibilitam a manifestação do cidadão sobre serviços públicos ofertados na educação, saúde, segurança, transporte público e obras entre outros.
A ferramenta possibilita ainda que se opine sobre o desempenho de unidades públicas específicas pertencentes a cada um dos 52 municípios rondonienses, contemplando também os poderes e órgãos estaduais. Para baixar o aplicativo, é só acessar o Google Play, para equipamentos Android, ou a AppStore, para iOS.
O governador Daniel Pereira garantiu que o Brasil precisa seguir exemplos de países como a Suécia e outros da Escandinávia. “Eles são exemplos para o mundo. Conduzem a administração com base em três princípios simples, transparência, igualdade e educação. O resto é dado por acréscimo”, disse, citando o livro da jornalista carioca Cláudia Valin, moradora da Suécia que escreveu o livro “Um país sem excelências e sem mordomias”, relatando o modo de vida dos parlamentares suecos – moram em apartamentos de 40 m², fazem a limpeza do local em que vivem e andam de metrô ou bicicleta.
Os princípios seguidos pelos países escandinavos contribuem enormemente, segundo o governador, para que a população receba mais investimentos, o que não acontece no Brasil. “Neste momento Rondônia consome 91% de tudo o que o povo produz para sustentar os serviços públicos, a máquina. Convenhamos que é hora de aproveitar todo o controle hoje existente e fazer uma reflexão sobre isso. Está sobrando muito pouco para fazer custeio e investimentos que a nossa população precisa”, admitiu.
O presidente do Tribunal de Contas, Edilson de Souza, disse acreditar que o aplicativo agrega qualidade à gestão do estado de Rondônia, destacando-o como uma ferramenta pioneira para todo o país. “O Tô no Controle/Opine aí não é um aplicativo do Tribunal, mas de todos nós, da sociedade”, disse, conclamando os presentes a instalarem o dispositivo em seus celulares e disseminarem em redes sociais sua existência.
O prefeito de Porto
Velho, Hildon Chaves disse que o aplicativo To No Controle/Opine Aí não é apenas um instrumento na mão do cidadão para externar insatisfação com os serviços públicos, mas é uma ferramenta extraordinária para o gestor. “Administro uma rede com 50 mil alunos. São quase duas centenas de escolas. O prefeito e nem o secretário sabem o que acontece em cada unidade. A partir de agora vou saber quais as escolas têm problema, que tipo de problema. Ajuda muito o gestor, isso em todas as áreas”, disse.
O governador Daniel Pereira, juntamente com o controlador-geral do estado Francisco Netto e o secretário-adjunto de Finanças Maurício Hagge, aproveitaram o evento para entregar ao presidente do TCE-RO Edilson de Souza a prestação de contas do executivo estadual referente a 2017.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
     




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.